CONTATO PARA MATRÍCULAS

Prof. da Faculdade IPEMED, Dr. Cláudio Costa fala sobre estudo que relaciona o ácido fólico e o autismo em entrevista para à RÁDIO CBN de Maceió

NOTÍCIAS | 12 setembro

Um estudo norte-americano sugere que a ingestão de ácido fólico em excesso por mulheres grávidas ou que querem engravidar pode duplicar as chances de o bebê nascer com autismo, transtorno de desenvolvimento que compromete a interação social e a comunicação da criança, entre outros reflexos decorrentes do distúrbio neurológico. o psiquiatra rebate o estudo e ressalta a importância da substância no desenvolvimento dos bebês.

 

Entrevista completa: