A Faculdade IPEMED de Ciências Médicas oferece aos médicos brasileiros o 1º workshop de capacitação em tratamento por infiltração intra-articular e periarticular.

Escute seu médico, ele quer o melhor para você

Faça o exame

Neste mês de novembro, a Faculdade IPEMED de Ciências Médicas se junta ao movimento Novembro Azul no combate ao câncer de próstata – o segundo tipo de câncer mais frequente no sexo masculino.Estatísticas apontam que a cada seis homens no mundo, um desenvolverá a doença e, anualmente, estima-se que 60 mil novos casos serão diagnosticados. É fundamental conscientizar a população sobre essa doença, diminuindo assim a taxa de mortalidade, que ainda é alta.

Precisamos estar unidos no combate ao Câncer de Próstata e, principalmente, motivar a população masculina a deixar o preconceito de lado e fazer os exames preventivos.

Por isso, se você, homem, já atingiu os 40 anos, procure um urologista e faça o exame. Seu médico quer o melhor para você.

O Câncer de Próstata

A próstata é uma glândula masculina localizada na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem a forma de uma amêndoa e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais comum entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Prevenção

Já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas não-transmissíveis. No entanto, a visita regular ao urologista e a realização dos exames que detectam o câncer de próstata são passos fundamentais para a prevenção da doença e devem ser feitos conforme a orientação do médico.

Exame de toque

O preconceito que ronda o exame de toque, essencial para a prevenção do câncer de próstata, ainda é visto com receio por grande parte dos homens. Mas será que ele é realmente um bicho de sete cabeças? De acordo com os urologistas, o teste dura no máximo 15 segundos. Na maioria das vezes, o exame é realizado na posição deitada sobre o lado esquerdo, que é a mais confortável para o paciente. Também pode ser realizado na posição geno-peitoral, com os joelhos e o tórax apoiados na maca, ou na posição ginecológica. Independente da posição, o exame, é simples e indolor, além de não afetar em nada a masculinidade dos homens.

Sintomas

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma, porém numa fase mais avançada a doença pode manifestar-se com:

Dificuldade em urinar, muitas vezes com jato fraco ou em gotas;
Dor ou ardor ao urinar;
Vontade frequente de urinar, acordando de noite para urinar;
Sensação de que a bexiga ainda está cheia, mesmo após urinar;
Urina escura devido à presença de sangue;
Dor ao ejacular e sêmen escurecido.

Quando o câncer já se encontra numa fase muito avançada pode surgir infecções e dor nos ossos e, em alguns casos estes sintomas são comuns à infecção benigna da próstata, o que pode dificultar o diagnóstico da doença.

Tratamento

Para doença localizada, cirurgia, radioterapia e até mesmo observação vigilante (em algumas situações especiais) podem ser oferecidos.

Para doença localmente avançada, radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal têm sido utilizados.

Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento de eleição é a terapia hormonal.

A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após discutir os riscos e benefícios do tratamento com o seu médico.

Contact Us

Não estamos disponíveis no momento. Mas por favor, nos mande um email que logo entraremos em contato.

Not readable? Change text. captcha txt